Reabilitação:

É indicado para casos específicos de doenças, como problemas na coluna, joelhos, ombros, cotovelos, mãos e pés, na manifestação de dores crônicas ou não, recuperando somente o problema específico e não todo o corpo ao mesmo tempo. É comum também tratar na água com maior eficiência e rapidez quedas, acidentes, traumatismos, sem dor ou mesmo desconforto.O movimento forma um fluxo de água que propicia a melhora no condicionamento muscular e articular, sendo a neurohidrobiomecânica a grande responsável por este benefício. É um processo altamente científico a ponto de se a pessoa errar o ângulo do movimento muda o resultado. Importante ressaltar que sempre que um exercício é mal executado piora a condição física do praticante.Os bons resultados da reabilitação feita na água se operam em apenas 3 dias. 

REABILITAÇÃO NA ÁGUA? Sim, conforme o Elio Becker, professor e proprietário da Golfinho!Lesões ou traumas em joelhos, ombros, artroses, degenerações, problemas de coluna, dores, bicos de papagaio, tendinites,bursites, etc.
A melhor maneira de recuperar uma lesão muscular ou articular é na água,onde a força da gravidade atua menos sobre as articulações e sobre a musculatura , tornando e exercício de reabilitação menos agressivo e mais reparador.

HidroneurobiomecânicaO professor Elio escreve sobre a hidroneurobiomecânica, princípio básico para desenvolver atividades dentro da água que são as modalidades descritas acima.Todas elas são baseadas na hidroneurobiomecânica.

O SENTIR DA ÁGUA

Refere-se a habilidade intuitiva da pessoa de sentir e efetivamente manipular a água. Na generalização supõe-se que sentir a água é uma
qualidade elusiva única do atleta talentoso: acredita-se que pessoas de habilidade média não possuem a percepção sensorial aguçada do gênio motor dos talentosos.
Mesmo assim, podemos demonstrar ao destacar o sensorial do tato e aprender como interpretar sensações da pressão em movimento, onde pessoas com pouco repertório motor podem aprender e adquirir as formas sutis da técnica avançada no meio líquido.

ENSINANDO A SENTIR O FLUXO

A água flui quando uma força é aplicada sobre ela. Devemos sempre exercer forças que são chamadas helicoidais contra a pressão da água em movimento
Quando uma pessoa apresenta qualquer tipo de lesão, identificamos os músculos ou tendões, que estão comprometidos para iniciarmos uma busca muscular adequada.Para iniciarmos a recuperação da região afetada, formatamos a melhor posição das áreas de superfície de atrito na água, que são os seguimentos motores braços e pernas.
Identificados, executamos movimentos compatíveis ao seu problema, que muitas vezes aparentemente duas ou três pessoas realizam o mesmo trabalho, apenas com ênfase e ângulos diferenciados, a concentração o não faltar as aulas, a execução correta dos exercícios, são fatores predominante para o sucesso, e resultado positivo do trabalho.
Colunas, articulações, problemas musculares, ou seja qualquer tipo de lesão músculo esquelético, existe movimentos mecânicos dentro da água que poderão ser executados positivamente e com grande sucesso.